Através do cultivo da cana de açúcar no alto da serra gaúcha, são fabricadas as cachaças mais nobres no Alambique Flor do Vale, um dos pontos turísticos mais visitados na zona rural de Canela, e está cercado de natureza abundante com rios e cachoeiras.

A construção do Alambique Flor do Vale deu inicio em 2005, e esta às margens da estrada, que foram cortadas por imigrantes, forasteiros e índios. Uma construção moderna para a produção artesanal da cachaça gaúcha.

Você está convidado para conhecer o processo da cachaça, desde a produção artesanal das cachaças até os cuidados com a preservação do meio ambiente.

Há vários tipos de cachaças, algumas chegam a ficar em envelhecimento por mais de três anos, para obter a melhor excelência na qualidade. Para conhecer e diferenciar cada uma, você poderá degustar todos os tipos. Ao final da degustação, o visitante receberá um certificado “Cachacier amador”.

Não pense que o Alambique é um lugar somente para adultos, as crianças e adolescentes são bem vindos, pois poderão fazer passeios e atividades de arco e flecha e tiros de balestra no Parque Flor do Vale.

Há também um restaurante onde são servidos pratos típicos da culinária gaúchas, a vista é belíssima do restaurante. No empório, você poderá comprar os diversos tipos de cachaças.

Fabricação da Cachaça Alambique Flor do Vale

A Cana

A cana é a matéria prima para a fabricação da cachaça, ela é cultivada em um canavial saudável e forte. São cortadas manualmente, selecionadas, sem a queima da palha, esse é o diferencial da cachaça Flor do Vale.

Moagem

Após a cana colhida ela é rigorosamente selecionada, depois é bem lavada e moída num prazo de 24 horas. Após ser moída o caldo da cana é filtrado para retirar todas as impurezas e levada às dornas de fermentação por gravidade.

Fermentação

O segredo da cachaça do Alambique Flor do Vale é a boa fermentação. O alambique utiliza um fermento com leveduras selecionadas, importante para produzir uma boa cachaça, esse fermento proporciona mais aroma, maciez e sabor. O processo de fermentação acontece em um ambiente bem arejado com controle de temperatura.

Destilação

Agora ela é destilada na caldeira de cobre, com o calor natural da caldeira, garantindo a separação da cachaça, de acordo com as normas legais. Depois ela é resfriada com água corrente direta do córrego que margeia o alambique.

Envelhecimento

O envelhecimento é a coroação da fabricação da cachaça artesanal. É através desse repouso que se requintado o sabor, a qualidade e o aroma da cachaça da serra gaúcha.
Aprecie com moderação!

FONTE: www.gramadocanela.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − oito =

Rolar para cima